top of page
  • Foto do escritorCamila de Aguiar

Rede social, qual é a melhor para construir a sua Marca Pessoal?

A resposta é rápida: a melhor rede social é aquela em que seu público-alvo está.


Você precisa investigar o seu público e seus objetivos antes de começar a investir na produção para uma rede específica.

É necessário que você esteja em mais de um lugar para garantir mais presença nas redes e não depender de uma única plataforma.


As mídias sociais estão se tornando a principal fonte de conhecimento sobre profissionais, produtos e empresas.


O livro Personal Brand: Creation In The Digital Age Theory, Research And Practice (Mateusz Grzesiak), apresenta dados de estudos científicos sobre o uso de redes sociais para construção de Marca Pessoal, realizados nos EUA e Polônia.


Separei alguns resultados interessantes para demonstrar como o Personal Branding têm sido gerenciado no mundo online:


Redes mais utilizadas


Os entrevistados deveriam responder quais mídias sociais usam com o propósito de construção de Marca Pessoal.

O primeiro lugar ficou com o Facebook, citado por 77% dos americanos e 86% dos poloneses entrevistados. Na vice-liderança está o Instagram, utilizado por 49% dos americanos, e o YouTube, por 30% dos poloneses. Em terceiro está o LinkedIn, mencionado por 37% dos americanos.


É preciso pontuar que, nas redes sociais, tudo muda muito rápido.

Na época em que a pesquisa foi realizada, não havia TikTok e os Reels não viralizavam, por exemplo.


Por isso, repito: a melhor rede social é aquela em que seu público está. E mais de uma rede é melhor do que apenas uma. Assim, caso uma rede seja extinta, você ainda terá um canal de comunicação forte com o seu público, sem precisar começar do zero.


Mudanças tecnológicas impactam na criação de conteúdo


A mudança tecnológica também acarreta mudanças na área de criação de uma Marca Pessoal. Fenômenos como o aumento da popularidade do conteúdo de vídeo, especialmente entres as gerações Y e Z; o desenvolvimento da Smart TV e o sucesso de canais no YouTube mostram que apostar em vídeos - e aqui entram também stories e lives no Instagram - é a melhor escolha para fortalecer a sua Marca.


Você não precisa se forçar a usar uma rede social que não gosta ou produzir um tipo de conteúdo, que não estão conforme o seu perfil. O que fica de lição do Branding Pessoal (e é atemporal) é o compromisso com a sua verdade.


Incentivo você, sempre, a sair da zona de conforto: mas se você se expressa melhor em textos, tudo bem. O importante é sempre ter o público-alvo em mente e criar novas e criativas formas de promover uma conexão com este público.

É essa conexão, caro leitor, que fará toda a diferença na construção da sua Marca.


Algum resultado da pesquisa te surpreendeu? Comenta aqui embaixo quais redes você tem usado para construir sua Marca Pessoal. 😉

7 visualizações0 comentário

Kommentare


bottom of page